EnglishPortugueseSpanish

Em time que está ganhando, se mexe?

Foto; shutterstock
Foto; shutterstock

Existe uma máxima para os mais antigos apreciadores de competições esportivas que é: “em time que se está ganhando não se mexe”. Entretanto, essa prática, ao longo dos anos, vez sendo desmentida, face às alternativas e circunstâncias que ocorrem durante uma competição.

Da mesma forma, esse velho ditado serve para os gestores mais conservadores de empresas que ficam presos a resultados obtidos no passado, acreditando que a fórmula com a qual obtiveram sucesso pode ser mantida para continuarem no ciclo vitorioso.

Quando observamos a recente história do varejo farmacêutico, constatamos que inúmeras empresas e grandes grupos econômicos sucumbiram diante dos desafios por se manterem inertes diante de um novo cenário de mudanças tecnológicas, concorrências agressivas e normas fiscalizadoras severas.

O projeto de qualquer empresário, ao decidir enfrentar o desafio de ser um empreendedor neste País, certamente é de ver o seu negócio crescer e progredir.  É muito habitual, num primeiro momento, quando já existe a dedicação integral e presencial do proprietário, que o negócio comece a crescer, porém é importante saber se a empresa está estruturada para dar os próximos passos.

Ao decidir tomar a decisão, alguns pontos são fundamentais e devem ser observados:

  • Existe uma equipe de colaboradores selecionada, treinada, qualificada e comprometida?
  • Existe capacidade financeira para o plano de expansão sem que haja um endividamento descontrolado?
  • Existem processos de atividade da empresa bem definidos e monitorados?
  • Existem conhecimento do local e público-alvo para o novo empreendimento?
  • Existe conhecimento de normas tributárias e regulatórias?
  • Existem parcerias bem definidas r com regras claras para retroalimentação?

Pode parecer simples, entretanto, a falta de conhecimento básico, como nos exemplos acima, pode prejudicar o sucesso de novos projetos e vir a comprometer a sobrevivência do negócio num mundo corporativo extremamente competitivo, onde não há mais espaço para erros primários.

O melhor crescimento, sem dúvida, é o orgânico, pois pode ser mais lento, mas é o mais seguro, além de proporcionar amadurecimento e aprendizado para o sucesso empresarial.

Essas premissas não são novidades, pois nas Escritura Sagradas, no evangelho do médico Lucas 14.28-30, já se afirmava: “Qual de vocês, se quiser construir uma torre, primeiro não se assenta e calcula o preço, para ver se tem dinheiro suficiente para completá-la? Pois, se lançar o alicerce e não for capaz de terminá-la, todos os que virem rirão dele, dizendo – Este homem começou a construir e não foi capaz de terminar”.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on print
Millenium distribuidora referência no mercado pharma Espírito Santo e Rio de Janeiro

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba nossa Newsletter

Para notícias e ofertas exclusivas, digite seu e-mail abaixo.

Conquiste Seguros

Receba as principais notícias pelo nosso grupo

curta nossa fanpage

Mais lidas

Vídeo - É de Farmácia

Televendas Zamboni
Fechar Menu