EnglishPortugueseSpanish

Ministério da Economia publica Nota Técnica sobre 13º salário e férias para acordos de trabalho da pandemia

A Nota Técnica dá detalhes sobre o cálculo do 13º salário e das férias para os trabalhadores que tiveram os contratos suspensos ou redução de jornada e de salário.
Ministério da Economia fala sobre 13º salário e férias nos acordos trabalhistas da pandemia
Foto: freepik

O Ministério da Economia publicou, na última terça-feira (17/11), a Nota Técnica SEI nº 51520/2020, que traz informações mais detalhadas sobre os efeitos dos acordos de suspensão de contrato de trabalho e de redução proporcional de jornada e de salário – estabelecidas pela Lei Federal nº 14.020/2020 – sobre o cálculo do 13º salário e das férias dos trabalhadores.

13º salário

A pasta esclarece como ficará o pagamento do 13º salário em duas situações – a primeira, para os colaboradores que tiveram seus contratos suspensos, e a segunda, para os que tiveram redução de salário e de jornada durante os meses da pandemia.

Na situação da suspensão do trabalho de contrato, quando há o fim da prestação de serviço, a empresa fica isenta das principais obrigações. Gabriel Fragoso, consultor jurídico da Ascoferj e especialista na área Trabalhista, explica que, neste caso, o pagamento do 13º é proporcional ao período do ano em que o colaborador trabalhou.

“O empregador não tem a obrigação de pagar o 13º integral, mas sim somente o valor equivalente ao período trabalhado. Esse tempo depende de quando o acordo foi feito”, revela Fragoso.

Já os profissionais que tiveram a sua jornada de trabalho ou salário reduzidos, receberão o 13º proporcional à média de salário dos últimos 12 meses.

Férias

Para quem teve o contrato suspenso durante a Covid-19, o tempo afastado do trabalho não interfere no período de férias. Ou seja, o colaborador ainda terá direito ao pagamento pelo período de descanso quando retornar às atividades.

Os trabalhadores que fizeram acordo de redução de jornada e de salário não sofrerão impacto – continuarão recebendo o valor normalmente pago pelo período de lazer.

Leia a Nota Técnica SEI nº 51520/2020 na íntegra.

Veja também: Decreto amplia prazos de acordos trabalhistas criados na pandemia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on print
Millenium distribuidora referência no mercado pharma Espírito Santo e Rio de Janeiro

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba nossa Newsletter

Para notícias e ofertas exclusivas, digite seu e-mail abaixo.

City Farma - Invista na abertura de um bom negócio

Receba as principais notícias pelo nosso grupo

curta nossa fanpage

Mais lidas

Vídeo - É de Farmácia

Televendas Zamboni
Fechar Menu