EnglishPortugueseSpanish

2º dia de Abrafarma Future Trends: saiba o que rolou no evento

Veja a cobertura completa do último dia de Abrafarma Future Trends, que contou com a presença do médico oncologista Dráuzio Varella.

O segundo e último dia de Abrafarma Future Trends, realizado no Transamérica Expo Center, em São Paulo, começou com uma fala do presidente da rede Araujo, Modesto Araujo. Em seu discurso, o empresário destacou duas demandas emergenciais do setor: redução da carga de impostos que incidem sobre medicamentos e regularização dos testes rápidos em farmácias e drogarias.

Logo em seguida, veio a palestra do secretário de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos Alexandre da Costa. O secretário apresentou as metas do atual governo e disse que não se deve esperar por um pacote de medidas, mas por uma evolução da economia para o livre mercado, que, segundo ele, é o que funciona e o que já tirou 1 bilhão de pessoas da pobreza na Ásia e no Leste Europeu nos últimos anos.

Costa comentou também o desequilíbrio fiscal das contas públicas, que provoca ausência de crédito e carga tributária crescente, de 34% do Produto Interno Bruto (PIB). Esse problema, segundo ele, já está sendo resolvido com a Reforma da Previdência, com o programa de privatizações e com a reforma do Estado.

Sobre as privatizações, Costa disse que o dinheiro será utilizado para reduzir a dívida pública e aumentar a produtividade do setor público. Da mesma forma, a reforma do Estado vai reduzir o excesso no número de servidores. A ordem hoje é não contratar ninguém, pois, daqui a seis anos, 60% do funcionalismo público estará aposentado.

Menos governo e mais produtividade

Segundo o secretário, umas das prioridades do governo é a agenda de produtividade e competitividade. No Brasil, a produtividade de um trabalhador equivale a apenas 23% da produtividade de um trabalhador americano. Ou seja, ainda há muito o que melhorar.

Entre os principais pilares dessa agenda está a simplificação dos processos, libertando o empreender da burocracia. “Nosso lema é loja sem placa. As placas na farmácia só servem para facilitar a vida do fiscal”, criticou Costa.

Um segundo pilar dessa agenda é a livre concorrência. “A liberação de preços para medicamentos isentos de prescrição foi uma grande conquista. O excesso de regulação impede a livre concorrência. China e Índia já estão à nossa frente, e crescendo justamente porque reduziram a interferência do governo”, acrescentou.

Melhorias na infraestrutura brasileira e mais empregos são outros dois pilares citados pelo secretário. Segundo Castro, em 2018, foram gerados 15 milhões de empregos, mas 15,5 milhões foram perdidos devido a problemas na retenção da mão de obra. Legislação trabalhista arcaica e falta de qualificação profissional são as principais razões.

“Quem gera emprego não é o governo. Vocês têm que querer menos do governo. Não peçam mais governo. Quanto mais se pede, menos produtividade e mais barreiras à livre iniciativa”, finaliza ele, confirmando o desejo do governo Bolsonaro de enxugar a máquina pública.

Leia também: 1º dia de Abrafarma Future Trends: cobertura completa

Amazon no Future Trends

Cleber Morais, da Amazon Web Services, compartilhou informações sobre o trabalho desenvolvido pela empresa na área de inovação e relacionamento com o cliente. “Atualmente, o consumidor tem um empoderamento que nunca teve antes”, comentou.

Pesquisas da AWS, empresa que cuida da tecnologia da Amazon, indicam que 80% dos clientes acham que a experiência é tão importante quanto o produto e que 95% deles são fiéis a uma empresa em que confiam. Porém, 51% das empresas ainda falham ao atingir a expectativa deles. “Os varejistas ainda continuam com uma visão fragmentada do cliente, que dirá ter uma visão completa da jornada de compra”, acrescentou.

Cleber aproveitou o momento para apresentar o Amazon Go, ou supermercado do futuro, uma tecnologia que acaba com as filas e com os check outs. O cliente aciona o aplicativo, entra na loja, coloca os produtos na bolsa e vai embora. Tudo o que foi comprado será automaticamente debitado no cartão de crédito dele. Uma verdadeira revolução na forma de fazer varejo.

Dráuzio Varella no encerramento

O evento foi encerrado com a palestra do médico Dráuzio Varella, que falou sobre a importância da atenção primária na prevenção de doenças e na melhoria da qualidade no atendimento público.

Em seguida, o médico destacou o papel das farmácias no contexto da saúde pública. “Temos farmácias no Brasil inteiro, que chegam nas comunidades, nas periferias, nas cidades do interior. Às vezes, há apenas uma unidade básica de saúde, que é tão básica que não tem nada. Mas tem a farmácia. É um absurdo e um desperdício não usarmos o farmacêutico, que frequentou a universidade, que estudou, que fica apenas dispensando remédio. O País não tem condições de desperdiçar essa mão de obra especializada, que está em contato direto com os pacientes.”

Dráuzio Varella chegou a destacar os avanços dos últimos anos e a criticar médicos. “Antes o farmacêutico não podia nem medir a pressão arterial. Por quê? Porque a classe médica é corporativista. Eu sou médico e conheço como tudo funciona”, desabafou.

Leia também: Conecta Varejo 2019 inclui programação para canal farma

Balanço do evento

A 6ª edição do Abrafarma Future Trends registrou a participação de mais de 4,4 mil profissionais do canal farma, crescimento de 11% em relação a 2018. Foram 60 horas de conteúdo e 42 horas de palestras.

Como no primeiro dia, a Arena de Ideias trouxe palestras curtas e simultâneas sobre temas diversos, como gerenciamento de categorias, tecnologias digitais disruptivas e perspectivas para o varejo farma.

Além de toda essa programação, o evento contou também com a tradicional feira da indústria farmacêutica. Marcaram presença as principais companhias do setor, como CIMED, Sanofi, Aché, Biolab, Natulab, Sandoz, EMS, entre outras. Foram, ao todo, 48 expositores com estandes, 19 a mais do que no ano passado.

Veja momentos do evento

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on print
Anuncie na Revista da Farmácia

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba nossa Newsletter

Para notícias e ofertas exclusivas, digite seu e-mail abaixo.

City Farma - Invista na abertura de um bom negócio

Receba as principais notícias no seu Whatsapp

curta nossa fanpage

Mais lidas

Vídeo - É de Farmácia

Smart Consulta Consultório Farmacêutico Inteligente - Seja um franqueado
Fechar Menu