EnglishPortugueseSpanish

5 passos para fazer uma queima de estoque na sua drogaria

Queima de estoque em farmácias
Foto: shutterstock

Geralmente, quando os produtos começam a acumular nos estoques e nas prateleiras de é sinal de que algo precisa ser feito, afinal nenhum lojista quer mercadoria encalhada, certo? Por isso, é importante pensar em estratégias para reverter a situação. Segundo o diretor Comercial da Rede Soma Drogarias, Leonardo Belfort, uma das estratégias que costuma funcionar é o  bazar. “Prefiro chamar de queima de estoque, pois acredito que a palavra ‘bazar’  remeta a produtos de segunda mão, o que não é o caso de farmácias e drogarias.”

5 etapas da queima de estoque

  1. Seleção de produtos

Para estabelecer quais produtos serão parte da ação, é preciso, antes de tudo, fazer um levantamento daqueles que não são vendidos há mais de 120 dias.  “O ideal é que se precifique de forma agressiva, para que haja uma reintegração do capital investido”, explica Belfort. Os itens escolhidos para a queima de estoque devem ser apenas produtos de higiene pessoal, cosméticos e medicamentos isentos de prescrição (MIPs).

2. Planejamento de venda

Após identificar os itens que vão para a queima de estoque, é preciso pensar em planos para que eles sejam, de fato, vendidos. “Uma sugestão é atrair o consumidor com as compras casadas  ou com o tradicional ‘compre 2 e leve 3’, por exemplo”, orienta o especialista.

3. Divulgação da queima de estoque

Após determinar as promoções e os valores, como divulgá-los para os clientes? “A comunicação visual das ações é fundamental para que a estratégia seja bem-sucedida. Ume exemplo são placas e os cartazes ou algum outro marcador de preço que se diferencie dentro do ponto de venda”, acrescenta Belfort.

Os encartes são outra opção, mas eles trazem novos custos. Por isso, é preciso avaliar a quantidade de produtos e fazer as contas, porque haverá gosto com impressão em gráfica.

4. Treinamento da equipe

A equipe – perfumistas, balconistas e gerentes – precisa estar sendo constantemente preparada e treinada para a queima de estoque. De nada adianta, você preparar uma estratégia inteligente se os vendedores não estiverem alinhados com a gestão. Delegue ao gerente a responsabilidade de planejar a ação e acompanhar o desempenho. Aos balconistas e perfumistas, caberá atender com eficiência e informar os clientes sobre as promoções.

5. Estruturação do layout da loja

Por fim, é necessário pensar na layoutização dos produtos no ponto de venda. “Eles devem estar em locais de alta visibilidade e perto dos balcões, para que atraiam o olhar do consumidor e possam ser apresentados durante o atendimento do balconista ou perfumista”, finaliza.

Agora que você já sabe como criar uma queima de estoque, é hora de pôr a mão na massa e colocar os produtos encalhados na rua.

Veja também: Farmácias e drogarias poderão comercializar artigos não farmacêuticos e de conveniência

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on print
Millenium distribuidora referência no mercado pharma Espírito Santo e Rio de Janeiro

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba nossa Newsletter

Para notícias e ofertas exclusivas, digite seu e-mail abaixo.

City Farma - Invista na abertura de um bom negócio

Receba as principais notícias pelo nosso grupo

curta nossa fanpage

Mais lidas

Vídeo - É de Farmácia

Televendas Zamboni
Fechar Menu