EnglishPortugueseSpanish

Tecnologia e gestão farmacêutica: parceria que potencializa resultados

A tecnologia pode ser usada para melhorar a gestão farmacêutica
Foto: shutterstock

A transformação digital é uma realidade no mundo. Esse movimento já implantou inovações em diferentes setores e segmentos, mas o ramo dos negócios é o centro de todos esses processos. Nesse cenário, podemos abordar os inúmeros benefícios da tecnologia implementada em aplicações de gestão integrada e automatizada para farmácias e drogarias.

De acordo com o Guia 2019 INTERFARMA, o Brasil é o 7º maior mercado farmacêutico do mundo – atrás dos Estados Unidos, China, Japão, Alemanha, França e Itália –, com faturamento de R$ 90 bilhões em 2018. No último ano, as 87.794 farmácias e drogarias privadas que formam o varejo registraram R$ 62,4 bilhões. O crescimento do setor se acentuou nos últimos anos, principalmente devido ao maior uso de tecnologia, incluindo a informatização dos estoques, entre outros processos.

Para contextualizar essa conjuntura, basta observar os modelos mais conservadores de farmácias de bairro, como eram conhecidos esses estabelecimentos, que atualmente deram lugar a lojas modernas e completas.

De maneira geral, sabe-se que os medicamentos não são mais considerados os carros-chefes no faturamento, pois os consumidores passaram a comprar produtos de higiene e beleza, bem como itens para bebês. “O fato de o cliente não mais ir apenas com uma receita médica em mãos e também utilizar outros serviços, como salas de vacina e consultórios farmacêuticos, por exemplo, trouxe uma demanda diferenciada, exigindo novos recursos que garantem um gerenciamento eficaz e lucrativo”, explica Rogério Carvalho, presidente da Automatiza Sistemas, empresa que há 15 anos atua no setor tecnológico e é referência em desenvolvimento e implementação de softwares para gestão farmacêutica.

Ter acesso ao panorama das operações que envolvem a rotina de uma farmácia, com indicadores objetivos, rápidos e assertivos, direciona para a tomada de decisão. Na prática, os benefícios da adoção de um sistema refletem na dinamização dos seguintes processos: gerenciador financeiro, preparação das compras, fechamento de caixa, crediário, vendas, precificação inteligente, monitoramento de estoque, entre outras funcionalidades.

“Com os insights e análises que envolvem desde a aposta em produtos e medicamentos até a realização de promoções e ações de marketing mais assertivas, a tomada de decisão é certeira”, completa Carvalho.

O emprego da tecnologia automatiza e integra o ambiente farmacêutico, buscando padronizar e facilitar todas as operações administrativas das lojas e rede de drogarias. São ganhos em produtividade significativos, reduzindo o tempo de execução das atividades da equipe, maximizando resultados.

Veja também: Desafios na gestão empreendedora

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on print
Anuncie na Revista da Farmácia

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba nossa Newsletter

Para notícias e ofertas exclusivas, digite seu e-mail abaixo.

City Farma - Invista na abertura de um bom negócio

Receba as principais notícias no seu Whatsapp

curta nossa fanpage

Mais lidas

Vídeo - É de Farmácia

Smart Consulta Consultório Farmacêutico Inteligente - Seja um franqueado
Fechar Menu