Close-up lança dados sobre impacto da Covid-19 na prescrição médica

A Close-up International liberou dados que falam sobre o impacto da Covid-19 na prescrição médica no mês de abril de 2020 no Brasil.
Covid-19 impactou prescrição médica no mês de abril
Foto: freepik

A Close-up International, empresa que audita o setor farmacêutico, publicou um documento com todas as informações levantadas sobre os impactos da pandemia da Covid-19 na prescrição médica. Os dados são referentes ao mês de abril de 2020.

Evolução de mercado

O número de prescrições gerais no quarto mês do ano sofreu uma queda significativa de 22% em relação ao mês de março – saiu de 11,2 milhões para 8,8 milhões. Segundo a Close-up, essa diminuição se dá pela queda de produtividade dos médicos, ou seja, houve uma redução significativa das consultas médicas presenciais.

As prescrições per capta também tiverem uma diminuição de 20%, saindo de 24 em março para 19 em abril. Contudo, não houve queda significativa de médicos prescritores, já que a diferença entre abril e março é de –0,2%. 

Especialidades mais impactadas

Especialidades médicas que prescrevem, majoritariamente, medicamentos de uso contínuo (como PSQ, CRD e CLG), tiveram em abril um aumento de participação de 35,9% em relação ao primeiro trimestre de 2020. Já as que prescrevem medicamentos de uso agudo (como GOB, PED e ORT) perderam participação em relação aos três primeiros meses, somando 10,7%.

Doenças mais impactadas

As doenças tratadas por medicamentos de uso contínuo tiveram um aumento de representatividade grande no mês de abril em comparação com o primeiro trimestre do ano. Transtornos mentais, por exemplo, passaram de 22,6% para 25,59%; hipertensão foi de 13,8% para 15,7%; e convulsão foi de 6,7% para 7,7%.

Uso agudo versus uso crônico

No mês de abril, os medicamentos de uso crônico tiveram um aumento de representatividade de 7,3% em relação ao primeiro trimestre de 2020, chegando a 62,9%. Já os de uso agudo caíram 7,3%, chegando a 37,1%.

Controlados, Farmácia Popular e outros

Houve um aumento em abril na participação dos medicamentos controlados e do Farmácia Popular em relação aos outros medicamentos – os primeiros cresceram 1,2%, chegando a 46,1%; os segundos cresceram 2,7%, chegando a 22,5%; e os terceiros tiveram uma queda de 3,9%, chegando a 31,4%.

Veja também: Canal farma tem crescimento de 28,9% em meio a coronavírus

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Notícias Canal Farma

Receba notícias, conteúdos e vídeos do YouTube sobre o setor farmacêutico com nosso canal no Telegram.

Millenium distribuidora referência no mercado pharma Espírito Santo e Rio de Janeiro

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba nossa Newsletter

Para notícias e ofertas exclusivas, digite seu e-mail abaixo.

loading...

Receba as principais notícias direto no celular

Mais lidas

Vídeo - É de Farmácia