Eli Lilly diz que teste com anticorpos sintéticos reduziu mortes por Covid em estudo com mil pacientes

A farmacêutica norte-americana pretende realizar novos estudos para entender os impactos dos medicamentos em doses mais baixas.
Eli Lilly estuda medicamentos contra Covid-19
Foto: Divulgação

A farmacêutica norte-americana Eli Lilly afirmou na última terça-feira (26) que a combinação de dois anticorpos sintéticos reduziu em 70% hospitalizações e mortes em pacientes de Covid-19 de alto risco. A notícia foi publicada pelo portal de notícias G1.

Os resultados foram obtidos em um estudo de Fase 3 que contou com a participação de 1.035 pessoas. Contudo, os dados ainda não passaram por revisão de pares e nem foram publicados em revistas científicas.

Daniel Skoyronsky, diretor científico da farmacêutica, revela que o tratamento também reduziu a carga viral dos pacientes e o tempo de recuperação da doença: “Bamlanivimab e etesevimab juntos têm o potencial de ser um tratamento importante que reduz, significativamente, as hospitalizações e a morte em pacientes com Covid-19 de alto risco”.

Os pacientes receberam um placebo ou a combinação de 2,8 gramas de cada um dos dois anticorpos. Entre os pacientes que receberam o tratamento, houve 11 mortes ou internações, o equivalente a 2,1% desse grupo. No placebo, foram 36 mortes ou hospitalizações, totalizando 7%. Com isso, houve uma redução de risco de 70%.

A Eli Lilly informou que continuará estudando o medicamento em outro ensaio para entender se doses mais baixas produziram o mesmo impacto.

Veja também: Anvisa publica orientações para o atendimento em farmácias durante a pandemia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on print

Notícias Canal Farma

Receba notícias, conteúdos e vídeos do YouTube sobre o setor farmacêutico com nosso canal no Telegram.

Millenium distribuidora referência no mercado pharma Espírito Santo e Rio de Janeiro

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.