EnglishPortugueseSpanish

OMS suspende testes com cloroquina e hidroxicloroquina

A OMS suspendeu a realização de testes com as substâncias cloroquina e hidroxicloroquina após a comprovação da ineficácia contra a Covid-19.
Cloroquina e hidroxicloroquina
Foto: freepik

O portal G1 noticiou, nesta segunda-feira (25/05), que a Organização Mundial de Saúde (OMS) anunciou a suspensão temporária de testes com cloroquina e hidroxicloroquina para tratar a Covid-19. A decisão foi tomada dentro dos ensaios Solidariedade, uma iniciativa internacional com 100 países coordenada pela entidade que tem como objetivo buscar tratamentos para a doença.

Motivo para fim de estudos

O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, revelou que a suspensão foi determinada depois da publicação de um estudo na revista científica “The Lancet”, na última sexta-feira (22/05). A pesquisa, feita com 96 mil pessoas, mostrou que não houve eficácia das substâncias contra a Covid-19 e ainda foi detectado risco de arritmia cardíaca nos pacientes que as utilizaram.

“Os autores reportaram que, entre pacientes com Covid-19 usando a droga, sozinha ou com um macrolídeo (classe de antibióticos da qual a azitromicina faz parte), estimaram uma maior taxa de mortalidade”, revelou Tedros.

Ainda que os estudos relacionados à cloroquina e hidroxicloroquina tenham parado, o quadro executivo do Solidariedade irá analisar dados disponíveis mundialmente sobre as drogas, utilizadas no tratamento de malária e doenças autoimunes.

Substâncias no Brasil

Mesmo sem evidências científicas que comprovem a eficácia dos medicamentos, o Ministério da Saúde emitiu uma recomendação para sua utilização no Sistema Único de Saúde (SUS). A decisão vai contra a própria OMS, a Opas (braço da organização nas Américas) e diversos especialistas brasileiros.

A OMS revelou que os outros estudos do Solidariedade seguem. Neste momento, 35 países estão recrutando pacientes em mais de 400 hospitais ao redor do mundo para fazer parte. Além disso, 3,5 mil pessoas de 17 países já estão participando das pesquisas. No Brasil, por exemplo, os ensaios são coordenados pela Fiocruz.

Veja também: SBC divulga nota em que não recomenda uso da cloroquina e hidroxicloroquina

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on print
Millenium distribuidora referência no mercado pharma Espírito Santo e Rio de Janeiro

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba nossa Newsletter

Para notícias e ofertas exclusivas, digite seu e-mail abaixo.

City Farma - Invista na abertura de um bom negócio

Receba as principais notícias pelo nosso grupo

curta nossa fanpage

Mais lidas

Vídeo - É de Farmácia

Televendas Zamboni
Fechar Menu