EnglishPortugueseSpanish

SBPC/ML alerta para diagnóstico neurológico em pacientes de covid-19

A SBPC/ML alerta para a importância do diagnóstico neurológico em pacientes com coronavírus após especialistas internacionais revelarem que houve comprometimento cerebral por conta de outros vírus respiratórios.
Especialistas alertam para diagnóstico neurológico em pacientes com covid-19
Foto: freepik

A Sociedade Brasileira de Patologia Clínica e Medicina Laboratorial (SBPC/ML) publicou um alerta sobre a importância do exame do líquido cefalorraquiano em pacientes diagnosticados com covid-19. Entre os principais sintomas da doença estão febre, tosse e dificuldades respiratórias. Alguns casos podem evoluir para o quadro de pneumonia, o que culmina na Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS-CoV-2).

Pesquisas internacionais

Pensando nisso, foram realizados estudos internacionais para testar se, assim como outros vírus respiratórios, o SARS-CoV-2 também poderia causar complicações neurológicas. Os primeiros relatos que comprovam essa informação surgiram em fevereiro de 2020, quando Mals e colaboradores publicaram na China uma retrospectiva de 214 pacientes internados, dos quais 78 (36,4%) apresentavam sintomatologia neurológica.

As alterações do sistema nervoso central (SNC) ocorreram em 24,8% dos casos, sendo as mais frequentes tontura (16,8%) e cefaleia (13,1%). Quanto às manifestações do sistema nervoso periférico (SNP), as principais foram hipogeusia e hiposmia. Além disso, alterações de enzimas musculares foram encontradas em 10,7% dos pesquisados.

Em março de 2020, Morigushi e colaboradores. relataram possíveis casos de encefalopatia e/ou encefalite associadas à covid-19 apareceram. Algumas ressonâncias do crânio mostraram também lesões hemorrágicas talâmicas bilaterais.

Covid-19 e SNC

Com isso, os estudos apresentam a possibilidade de uma associação entre a doença e o SNC. Tal associação já foi demonstrada com outros coronavírus – o SARS-CoV e o MERS-CoV, que foram identificados em tecido cerebral, dentro dos neurônios.

O SARS-CoV e a Covid-19 compartilham o mesmo receptor para entradas nas células, o receptor de enzima conversora de angiotensina (ACE-2). Por esse motivo, é possível que, pelo menos em alguns casos, o vírus da Covid-19 atravesse a barreira hematoencefálica e penetre no SNC, causando lesão neuronal. Contudo, ainda é preciso conhecer melhor a relação entre a doença e o SNC.

O ex-presidente da SBPC/ML, Carlos Senne, explica que quando o paciente crônico é entubado, em estado de sedação, a capacidade de análise do seu lado cognitivo fica comprometida e pode “mascarar” um estado que merece atenção da equipe médica.

Veja também: Hospital Sírio-Libanês e Aché iniciam novo protocolo de pesquisa da Coalizão COVID Brasil

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on print
Millenium distribuidora referência no mercado pharma Espírito Santo e Rio de Janeiro

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba nossa Newsletter

Para notícias e ofertas exclusivas, digite seu e-mail abaixo.

City Farma - Invista na abertura de um bom negócio

Receba as principais notícias pelo nosso grupo

curta nossa fanpage

Mais lidas

Vídeo - É de Farmácia

Televendas Zamboni
Fechar Menu