Big Show NRF: veja como foi o evento em 2021

Big Show da NRF traz tendências para varejo em 2021
Foto: shutterstock

O centenário Big Show da National Retail Federation (NRF), ou em português Federação Nacional de Varejo, dos Estados Unidos, aconteceu pela primeira vez na história totalmente online em decorrência da pandemia da Covid-19 entre os dias 12 e 22 de janeiro deste ano.

Como de costume, a equipe da Universidade do Varejo acompanhou o evento e, a partir de tudo o que foi ouvido, criou um e-book com os detalhes das principais tendências do varejo para 2021. Preparamos um resumo do material. Leia abaixo.

Análise de 2020

O grande tema do evento foi a capacidade de inovação do varejo diante das dificuldades advindas do coronavírus em todo o mundo, deslanchado processos ligados ao uso da tecnologia, como fazer compras online e retirar na loja ou a criação de e-commerce. Todo esse progresso mudou o papel da loja física para sempre.

Durante todo o ano, houve alguns problemas que poderiam atrapalhar o recebimento dos produtos pelos clientes: a sobrecarga da cadeia de suprimentos, incluindo a distribuição, e também o aumento dos custos trabalhistas, que ameaçaram o fechamento de unidades de diversos segmentos. A tecnologia teve mais uma vez papel fundamental para viabilizar a continuidade das atividades.

Outro ponto bastante relevante foi o crescimento das pequenas e independentes lojas de bairro, bastante procuradas por todos os que trabalharam em casa durante o período de isolamento social. Esse comportamento contribuiu para a revitalização das áreas domiciliares das cidades.

Tendências para 2021

Antes da pandemia, a previsão é de que as vendas online chegassem a 30% apenas em 2030, porém, com a explosão da doença, chegou a 50% em poucos meses. Com isso, as chances são de que, mesmo após a conclusão da vacinação, o varejo precise encontrar novos meios para proporcionar uma experiência de compra que estimule a volta da população às lojas. A tendência é que a praticidade trazida pela compra online perdure por bastante tempo, fazendo com que as pessoas saiam de casa apenas para compras mais complexas.

Uma forte inclinação da população é a preocupação com os impactos que os produtos e serviços que consomem têm no meio ambiente. Dessa forma, as empresas devem também se conscientizar para garantir que o que oferecem está sendo feito de forma sustentável e com responsabilidade social.

Além disso, a preocupação com a saúde mental, emocional e física dos trabalhadores também deve ganhar força dentro do varejo neste ano. Cada empresa precisa olhar para os problemas individuais dos colaboradores, oferecendo apoio personalizado e mostrando que se importa com o bem-estar de todos.

Após a Covid-19, ficou claro que instabilidades podem ocorrer a qualquer momento e que, justamente por esse motivo, o varejo precisa estar pronto para se adaptar prontamente às novas circunstâncias, prezando sempre pela qualidade, segurança e experiência dos clientes independentemente de qual setor é.

Veja também: Fidelização dos clientes: 6 dicas para chegar lá

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on print

Notícias Canal Farma

Receba notícias, conteúdos e vídeos do YouTube sobre o setor farmacêutico com nosso canal no Telegram.

Millenium distribuidora referência no mercado pharma Espírito Santo e Rio de Janeiro

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.