Cityfarma completa 25 anos e mostra força do associativismo

A rede, pioneira no modelo associativista no Estado do Rio de Janeiro, continua em expansão
Cityfarma completa 25 anos
Foto: Divulgação

O varejo farmacêutico é um mercado bastante próspero. Mesmo com a pandemia, bateu recorde nos últimos 12 meses até junho deste ano. Dados da IQVIA apontaram um faturamento de R$ 143,5 bilhões e 6,7 bilhões de unidades vendidas, o equivalente a um crescimento de 14% frente ao período anterior e de 24% em dois anos. Muitos desses bons resultados estão relacionados ao associativismo, o segmento que mais puxa o desempenho das farmácias e drogarias.

Exemplo dessa força são as redes associadas à Febrafar, que cresceram 23,3% em vendas. A Cityfarma é uma delas, que neste mês de setembro completa 25 anos. Atualmente, com mais de 100 lojas distribuídas por 32 municípios, a Cityfarma foi pioneira no modelo associativista no Estado do Rio de Janeiro.

Cityfarma em constante inovação

Marise Nascimento, presidente da Cityfarma, destaca as mudanças que vêm ocorrendo nos últimos anos: “Há algum tempo estamos passando por um processo de atualização de nossos layouts interno e externo. Nossas novas lojas dispõem de instalações modernas, confortáveis e acolhedoras, convidativas para uma visita mais demorada”.

A rede também investiu em um programa de fidelidade que fornece descontos em medicamentos e perfumaria, além de convênios com indústrias, o que permite ao consumidor a compra de produtos mais caros a preços acessíveis.

Muitas foram as adaptações feitas em decorrência da pandemia, como ocorreu com o delivery, quando a Cityfarma ofereceu suporte às associadas com estudos de geolocalização para facilitar a identificação de novos nichos, clientes e adequação de mix ao novo público. Também foram feitos estudos financeiros para ajustes de despesas.

Além disso, foi criado o aplicativo da rede, com o objetivo de aproximar e fidelizar o cliente da loja por meio de ofertas customizadas, brindes, dicas de saúde e alerta para horário dos medicamentos.

Serviços prestados

Os empresários interessados em abrir uma loja com a Cityfarma, segundo Marise, recebem todo tipo de orientação: “Documentação, mobiliário, fachada, seleção de colaboradores, treinamento para lojistas e colaboradores, informações até mesmo sobre o mix ideal por região, apoio para layoutização de perfumaria e MIP, cadastramento em parceiros, PBMs, condições especiais em nosso portal de compras, acompanhamento dos parâmetros financeiros, uma agência de marketing para atendimento da rede e das lojas, entre outros serviços e sistemas indispensáveis para que uma loja seja competitiva e próspera”, enumera Marise.

A executiva conta que a marca tem sido bastante procurada, tanto por lojas já existentes quanto por investidores. Nos últimos 12 meses, 20 novas lojas entraram para a rede. O foco é encontrar empresários que desejem um modelo de negócio sólido, testado e aprovado dentro do Rio de Janeiro.

A empresária Renata Mattos está nesse grupo como proprietária da Cityfarma Tanque. Ela, que há um ano participa da rede, conta que a parceria foi fundamental para o negócio: “Acho que se não fosse o suporte que tenho recebido, não estaria com minhas portas abertas. Eles possuem uma equipe muito competente, que ajuda sempre que necessito em todas as áreas. O nome ‘Cityfarma’ deu à minha loja mais visibilidade e, com isso, ao longo dos últimos meses meu faturamento cresceu em torno de 77%, se compararmos com o mês de setembro de 2020”, conta.

Cityfarma completa 25 anos
Foto: Divulgação

Valdir Antônio Mota de Souza, um dos sócios fundadores da Cityfarma e proprietário da loja da Estrada da Posse, relembra o início da rede: “Com imensa satisfação, relembramos que há 25 anos um pequeno grupo de empresários se reunia na Penha. A ideia era formar um grupo associativista que nos permitisse maior capacitação, união entre os associados com ética e responsabilidade entre as nossas lojas”, lembra.

Para ele, esse objetivo se consolidou, e hoje a rede agrega muito às farmácias, oferecendo capacitação e acesso à informações e condições para enfrentar a concorrência, como, por exemplo, as consultorias farmacêutica, jurídica, técnica e os cursos de capacitação para todos os colaboradores.

Metas para futuro

“Nosso principal objetivo é sermos cada dia melhores e mais sólidos. Nosso motivo de existir como rede é nada além do que a busca constante pelo sucesso e pela prosperidade de nossas lojas. Temos parceiros de longa data, mas estamos sempre atentos às novidades que possam melhorar o dia a dia e a lucratividade de nossos lojistas. Diante dessa determinação, entendemos que o crescimento da rede é desejável, mas apenas uma consequência”, ressalta Marise.

Marise Nascimento (Foto: Divulgação)

Segundo ela, é fundamental valorizar a história de 25 anos da Cityfarma, mas não é possível se garantir nela e somente repetir o que já deu certo: “Buscamos estar sempre atualizados com as mais modernas práticas de mercado, tanto na sede administrativa quanto em nossas lojas, para garantir boas oportunidades aos lojistas e buscar sempre a satisfação plena do nosso cliente final”.

Além dos recursos possibilitados pela modernidade, como a tecnologia, as lojas da rede seguem princípios como acolhimento, relacionamento, suporte, solidariedade e empatia.

Veja também: Mulheres que Empreendem: Marise Nascimento, da Cityfarma

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Notícias Canal Farma

Receba notícias, conteúdos e vídeos do YouTube sobre o setor farmacêutico com nosso canal no Telegram.

Millenium distribuidora referência no mercado pharma Espírito Santo e Rio de Janeiro

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba nossa Newsletter

Para notícias e ofertas exclusivas, digite seu e-mail abaixo.

loading...

Receba as principais notícias direto no celular

Mais lidas

Vídeo - É de Farmácia