Farmácias do RJ crescem 8,5% em faturamento até outubro de 2020

Crescimento das farmácias em faturamento no Rio de Janeiro
Foto: shutterstock

A Close-up International, responsável por auditar os dados do mercado farmacêutico no Brasil, divulgou informações sobre o Estado do Rio de Janeiro ao longo do ano até o mês de outubro de 2020. De forma geral, as taxas continuam em ascensão no segundo maior mercado do País, que representa 11,6% da demanda e movimenta R$ 9,9 bilhões em vendas.

Faturamento

Em relação ao faturamento das farmácias cariocas, houve um aumento de 8,5% na comparação entre os últimos dez meses e o mesmo período de 2019, chegando ao total de R$ 10,1 bilhões. As redes associativistas cresceram 26%, enquanto as independentes tiveram um aumento de 21% em seu faturamento.

As pequenas redes tiveram um dos maiores crescimentos em faturamento: 20%. As médias redes aumentaram 2%, enquanto grandes redes tiveram apenas 1% de acréscimo. O pior resultado foi o das conveniadas, que caíram 12%.

Produtos x farmácias independentes

Segundo dados da Close-up, as farmácias independentes tiveram os produtos exclusivos se destacando no quesito valor, enquanto os de trade tiveram maior aceleração no número de unidades vendidas. No MAT 10/2020, os exclusivos cresceram 32,4% em faturamento e 13,4% em unidades comercializadas.

Os genéricos continuam em ascensão tanto em faturamento (16,3%) quanto em unidades (12,1%). Já os de marca cresceram 19,5% no primeiro ponto e 13,6% no segundo. A categoria dos não medicamentos também se destacou significativamente, com aumentos respectivos de 23,5% e 14,3%. Por fim, os produtos de trade cresceram 14,6% no quesito faturamento, enquanto no número de unidades o aumento foi de 21,5%.

De forma geral, na comparação entre o MAT 10/2019 e o MAT 10/2020, o mercado farmacêutico cresceu 20,6%, chegando ao valor de R$ 3,2 bilhões. Já na comparação de venda de unidades, o aumento foi de 14,6%, o equivalente a 0,3 bilhão.

Número de lojas

O Rio de Janeiro possui 7.048 farmácias, sendo 5.247 independentes (74,4% do total) com 31,5% de market share na demanda do estado. As grandes redes (924), que são 13,1% do total, têm representatividade de 52,2% nas vendas.

As pequenas redes (145) correspondem a 2,1% do total de lojas, com market share de 1,9%. As médias (159) equivalem a 2,3% e 6,7% respectivamente. Ao todo, são 566 associativistas, que correspondem a 8% do total de lojas e 6,6% da representatividade de vendas. Por fim, são sete conveniadas, equivalentes 0,1% do total de lojas. Contudo, a representatividade das mesmas ainda não é relevante.

Veja também: O Globo revela marcas mais admiradas pelos cariocas. Veja lista de redes de farmácias

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Notícias Canal Farma

Receba notícias, conteúdos e vídeos do YouTube sobre o setor farmacêutico com nosso canal no Telegram.

Millenium distribuidora referência no mercado pharma Espírito Santo e Rio de Janeiro

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba nossa Newsletter

Para notícias e ofertas exclusivas, digite seu e-mail abaixo.

loading...

Receba as principais notícias direto no celular

Mais lidas

Vídeo - É de Farmácia