EnglishPortugueseSpanish

FEMSA negocia compra das drogarias São Paulo e Pacheco

Grupo DPSP promove Black Week
Foto: Divulgação

Segundo o site Brazil Journal, a holding mexicana FEMSA está negociando a compra de 100% do Grupo DPSP, formado pelas Drogarias São Paulo e Pacheco. Fontes informaram ao jornal que as conversas ainda são preliminares e não existe garantia de que o negócio será fechado.

Atualmente o DPSP vem sendo representado por uma ex-banker do Banco Espírito Santo que assessorou a Pacheco na fusão com a São Paulo em 2011.

Negociações internacionais costumam não dar certo

Geralmente a tentativa de entrada de investidores internacionais no varejo farmacêutico brasileiro não são bem-sucedidas. A CVS, que já chegou a negociar a compra do DPSP, precisou vender a Onofre para a Raia Drogasil, em 2018, por tomar prejuízo.

Entretanto, a FEMSA possui expertise na América Latina e vontade de estar no Brasil.

A FEMSA

A holding, que é dona da maior engarrafadora de Coca-Cola do mundo, tem operações no Brasil e um braço que opera mais de 1.100 farmácias no México e no Chile sob as marcas YZA, Moderna, Farmacon e Cruz Verde.

O investimento em farmácias começou no México, em 2013, para aumentar a expertise no varejo, que adquiriu em lojas de conveniência. A FEMSA é dona da Oxxo, a maior rede de lojas de conveniência da América Latina, que possui mais de 18 mil pontos de venda no México, Colômbia, Chile e Peru.

Estratégia vem em momento oportuno

As conversas com o Grupo DPSP acontecem no momento em que a FEMSA coloca os pés no varejo brasileiro das lojas de conveniência. Em agosto, a empresa fechou sociedade com a Raízen, joint venture da Shell e Cosan, para expandir as lojas Shell Select e aproximá-las da bandeira Oxxo.

O Grupo DPSP

Atualmente, o DPSP possui 1.350 lojas concentradas principalmente no Rio de Janeiro e em São Paulo. Em 2018, faturou R$ 9,1 bilhões, 3% a mais que no ano anterior. O lucro, na contramão, recuou 23%, totalizando R$ 216 milhões.

A Drogarias Pacheco e Drogaria São Paulo se fundiram em 2011. A família Barata, dona da Pacheco, tem participação de 51% no Grupo. Os 49% que restam pertencem à família Carvalho, fundadora da Drogaria São Paulo.

Veja também: Raia Drogasil fecha aquisição da Onofre

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on print
Maxcenter Drogarias Max

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba nossa Newsletter

Para notícias e ofertas exclusivas, digite seu e-mail abaixo.

City Farma - Invista na abertura de um bom negócio

Receba as principais notícias no seu Whatsapp

curta nossa fanpage

Mais lidas

Vídeo - É de Farmácia

Televendas Zamboni
Fechar Menu