Close-up publica resultados de fevereiro do varejo farmacêutico

Close-up publica dados do varejoo farmacêutico
Foto: freepik

A Close-up International publicou o estudo com os resultados da performance do varejo farmacêutico brasileiro no mês de fevereiro de 2021. O levantamento leva em consideração o número de unidades vendidas, o montante movimentado e o crescimento por regiões do País, com foco na comercialização de medicamentos.

Crescimento total do mercado

Na avaliação total do mercado farmacêutico, é possível perceber um crescimento em todas as categorias nos 12 meses findados em fevereiro deste ano. Em unidades, por exemplo, as farmácias brasileiras tiveram um crescimento total de 7,33% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Em relação aos medicamentos de prescrição, a média de crescimento foi de 7,86%; os medicamentos isentos de prescrição (MIPs) tiveram um aumento de 4,62%; e os não medicamentos, como vitaminas e produtos de higiene, 8,18%.

Subcategorias

Ao destrinchar as categorias, a Close-up revela informações específicas sobre as subcategorias, que são: exclusivos, genéricos, de marca e de trade. Na categoria de medicamentos de prescrição, nos 12 meses móveis terminados em fevereiro, a primeira subcategoria apresentou um aumento de 1,87% nas vendas. A segunda, um crescimento de 11,81%, enquanto a terceira foi 2,81% e a última 8,53%. Na análise da categoria de MIPs, os exclusivos tiveram uma queda de 0,87% no ano, enquanto os genéricos cresceram 8,60%, os de marca 0,18% e os de trade 9,48%.

Performance em reais

Em relação aos resultados relacionados ao dinheiro movimentado com as vendas, o Brasil apresentou um crescimento geral de 11,91%. Os produtos de prescrição contribuíram com um crescimento de 10,74%, os MIPs de 10,25% e os não medicamentos de 17,18%. Essa última categoria se destaca por conta do aumento da procura por itens de higiene, consequência da pandemia de Covid-19.

Na análise das subcategorias dos medicamentos de prescrição, é possível notar o crescimento de 15,58% dos exclusivos, 16,34% dos genéricos, 4,14% dos de marca e 11,45% dos de trade. Já na subcategoria de MIPs, os exclusivos tiveram um aumento de 7,03%, os genéricos de 6,94%, os de marca 5,85% e os de trade 20,4%.

Regiões do Brasil

Por fim, o mapeamento geral dos dados das cinco regiões do País mostra um destaque na região Norte: em unidades, o crescimento foi de 18,53% e, em reais, de 26,64%. A região Nordeste aparece logo em seguida: cresceu, respectivamente, 12,99% e 18,73%.

Veja também: Pague Menos vê atual ambiente de negócios parecido com o de 2020

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Notícias Canal Farma

Receba notícias, conteúdos e vídeos do YouTube sobre o setor farmacêutico com nosso canal no Telegram.

Millenium distribuidora referência no mercado pharma Espírito Santo e Rio de Janeiro

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba nossa Newsletter

Para notícias e ofertas exclusivas, digite seu e-mail abaixo.

loading...

Receba as principais notícias direto no celular

Mais lidas

Vídeo - É de Farmácia