Close-up publica resultados de fevereiro do varejo farmacêutico

Close-up publica dados do varejoo farmacêutico
Foto: freepik

A Close-up International publicou o estudo com os resultados da performance do varejo farmacêutico brasileiro no mês de fevereiro de 2021. O levantamento leva em consideração o número de unidades vendidas, o montante movimentado e o crescimento por regiões do País, com foco na comercialização de medicamentos.

Crescimento total do mercado

Na avaliação total do mercado farmacêutico, é possível perceber um crescimento em todas as categorias nos 12 meses findados em fevereiro deste ano. Em unidades, por exemplo, as farmácias brasileiras tiveram um crescimento total de 7,33% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Em relação aos medicamentos de prescrição, a média de crescimento foi de 7,86%; os medicamentos isentos de prescrição (MIPs) tiveram um aumento de 4,62%; e os não medicamentos, como vitaminas e produtos de higiene, 8,18%.

Subcategorias

Ao destrinchar as categorias, a Close-up revela informações específicas sobre as subcategorias, que são: exclusivos, genéricos, de marca e de trade. Na categoria de medicamentos de prescrição, nos 12 meses móveis terminados em fevereiro, a primeira subcategoria apresentou um aumento de 1,87% nas vendas. A segunda, um crescimento de 11,81%, enquanto a terceira foi 2,81% e a última 8,53%. Na análise da categoria de MIPs, os exclusivos tiveram uma queda de 0,87% no ano, enquanto os genéricos cresceram 8,60%, os de marca 0,18% e os de trade 9,48%.

Performance em reais

Em relação aos resultados relacionados ao dinheiro movimentado com as vendas, o Brasil apresentou um crescimento geral de 11,91%. Os produtos de prescrição contribuíram com um crescimento de 10,74%, os MIPs de 10,25% e os não medicamentos de 17,18%. Essa última categoria se destaca por conta do aumento da procura por itens de higiene, consequência da pandemia de Covid-19.

Na análise das subcategorias dos medicamentos de prescrição, é possível notar o crescimento de 15,58% dos exclusivos, 16,34% dos genéricos, 4,14% dos de marca e 11,45% dos de trade. Já na subcategoria de MIPs, os exclusivos tiveram um aumento de 7,03%, os genéricos de 6,94%, os de marca 5,85% e os de trade 20,4%.

Regiões do Brasil

Por fim, o mapeamento geral dos dados das cinco regiões do País mostra um destaque na região Norte: em unidades, o crescimento foi de 18,53% e, em reais, de 26,64%. A região Nordeste aparece logo em seguida: cresceu, respectivamente, 12,99% e 18,73%.

Veja também: Pague Menos vê atual ambiente de negócios parecido com o de 2020

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on print

Notícias Canal Farma

Receba notícias, conteúdos e vídeos do YouTube sobre o setor farmacêutico com nosso canal no Telegram.

Millenium distribuidora referência no mercado pharma Espírito Santo e Rio de Janeiro

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba nossa Newsletter

Para notícias e ofertas exclusivas, digite seu e-mail abaixo.

Receba as principais notícias direto no celular

Mais lidas

Vídeo - É de Farmácia