EnglishPortugueseSpanish

Dados do mercado farma em dezembro são divulgados por IQVIA

IQVIA publica dados de mercado farmacêutico em dezembro
Foto: freepik

A auditoria do varejo farmacêutico, IQVIA Brasil, divulgou a projeção dos dados do mercado farmacêutico para o mês de dezembro de 2020. Os números foram estimados com base nos resultados dos primeiros 15 dias do mês, ou seja, ainda poderão mudar após a contagem final.

A projeção é que até o fim de dezembro haja, em sua maioria, um crescimento no volume de unidades comercializas no País. No pior cenário, o varejo cairá aproximadamente 1% em relação ao mês de novembro, chegando a 559 mil unidades. A previsão média é um aumento de 6%, o equivalente a 604 mil unidades, enquanto a máxima é equivalente a 14%, o que corresponde a 648 mil produtos vendidos.

Projeção por categorias

Considerando a projeção média, é possível determinar a quantidade de unidades comercializadas por categoria. A Farma, por exemplo, poderá chegar a 421.095 produtos e movimentar R$ 7.296.359, correspondentes a um crescimento de 8% em relação ao mês anterior. Já a Ético Farma tem possibilidade de totalizar 267.265 unidades e R$ 4.816.592, um aumento de 10,1%.

A estimativa para a Popular Farma é de 153.830 unidades e aproveitamento de R$ 2.479.767, equivalentes a 4,6%. Por fim, a categoria de Consumo tem chances de terminar o mês com 336.437 produtos vendidos e R$ 6.052.375 acumulados, correspondentes a 3,7%.

Categorias de produtos

Dividindo os produtos por categorias, é possível fazer uma análise mais específica. Em relação aos produtos farmacêuticos, há três subcategorias: Marca, Genérico e Referência. A primeira está prevista para chegar a 201.265.045 unidades e movimentar R$ 3.785.534.675, o equivalente a um aumento de 7,3% em relação ao mês anterior.

A segunda subcategoria poderá vender 151.277.211 produtos e R$ 1.082.241.174, totalizando 9,3%. A última deverá chegar a 68.638.282 unidades comercializadas e R$ 2.428.583.183, totalizando 7,5% de aumento.

Já na análise dos produtos de consumo, é possível perceber quatro subgrupos: Cuidados Pessoais (PEC), MIPs, Cuidados ao Paciente (PAC) e Nutrição (NTR). A expectativa é que o primeiro chegue a 129.971.250 unidades e R$ 2.158.636.894, um aumento de 0,7%.

O segundo subgrupo poderá chegar a 122.016.565 unidades e R$ 2.588.714.176, correspondentes a um crescimento de 5,6% em relação a novembro.

O terceiro tem previsão de chegar a 51.323.523 vendidas e R$ 873.607.906 movimentados, chegando a um aumento de 11%. Por fim, o último subgrupo poderá comercializar 33.125.674 unidades e fazer rodar R$ 431.415.881, o equivalente a uma queda de 1,9% na comparação com o mês anterior.

Veja também: Farmácias do RJ crescem 8,5% em faturamento até outubro de 2020

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on print

Notícias Canal Farma

Receba notícias, conteúdos e vídeos do YouTube sobre o setor farmacêutico com nosso canal no Telegram.

Millenium distribuidora referência no mercado pharma Espírito Santo e Rio de Janeiro

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar Menu