IQVIA libera dados completos do varejo farmacêutico em março

IQVIA publica dados do varejo em março
Foto: freepik

A IQVIA divulgou os dados finais da performance do varejo farmacêutico em março deste ano após o processamento dos 31 dias. A empresa, responsável por auditar os resultados do setor no Brasil, informou que o índice de confiança é de 95% devido à volatilidade do mercado.

Total de unidades vendidas

De acordo com os cálculos, o número mínimo do total de unidades vendidas no varejo farmacêutico foi 635 mil unidades, o que seria equivalente a uma melhora de 24% em relação ao mês de fevereiro. Na projeção média, foram comercializadas 647 mil unidades, ou seja, um crescimento de 27%. Por fim, na projeção máxima, foram 659 mil unidades, correspondentes a uma melhora de 29% na comparação com o mês anterior.

Vendas por categoria

O mercado farmacêutico total é dividido pela IQVIA em quatro grandes categorias: Farma, Ético Farma, Popular Farma e Consumo. A primeira, em relação ao mês de fevereiro, teve um crescimento de 32,2%, o equivalente a 472.139 unidades comercializadas e um lucro de R$ 7.854.521.

A segunda categoria também teve um resultado positivo – uma melhora de 31,8%, correspondente a 295.420 unidades e R$ 5.269.939. A terceira categoria subiu 33,3%, o que equivale a 176.719 unidades vendidas e R$ 2.584.583. A última teve o menor crescimento – 22,8% –, o que representa 351.574 unidades comercializadas e R$ 6.427.107 movimentados.

Divisão por categorias de produtos

Há uma separação também por categorias de produtos: os farmacêuticos e os de consumo. O primeiro grupo se subdivide em Marca, Genérico e Referência, enquanto o segundo se divide em MIPs, Cuidados Pessoais, Cuidados ao Paciente e Nutrição.

Produtos farmacêuticos

Os produtos de Marca cresceram 31,7% em relação ao mês de fevereiro, chegando a 224.359.348 unidades e movimentando R$ 4.018.598.298. Já os Genéricos tiveram uma melhora de 36,6%, tendo 174.375.540 unidades comercializadas e somando R$ 1.316.487.741. Por fim, os de Referência aumentaram 25%, totalizando 73.680.302 unidades vendidas e tendo como lucro R$ 2.577.969.252.

Produtos de consumo

Em relação aos MIPs, o crescimento foi de 37%, chegando a 143.293.122 unidades e R$ 2.967.319.561. Os produtos de Cuidados Pessoais subiram 13,6%, totalizando 125.874.427 unidades vendidas e R$ 2.020.801.789, enquanto os de Cuidados ao Paciente aumentaram 14,3%, chegando a 46.828.668 unidades e R$ 956.133.773. A última categoria, Nutrição, teve um crescimento de 20%, totalizando 35.577.395 produtos vendidos e R$ 482.851.

Laboratórios que mais venderam

Em relação aos laboratórios farmacêuticos que mais venderam, aparecem no top 3: Eurofarma, com um total de 22.534 unidades e R$ 480.284; EMS Pharma, com 34.801 unidades e R$ 454.151; e Aché, com 18.2236 unidades e R$ 338.765.

Veja também: Mercado farma mundial: em que posição o Brasil está?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Notícias Canal Farma

Receba notícias, conteúdos e vídeos do YouTube sobre o setor farmacêutico com nosso canal no Telegram.

Millenium distribuidora referência no mercado pharma Espírito Santo e Rio de Janeiro

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba nossa Newsletter

Para notícias e ofertas exclusivas, digite seu e-mail abaixo.

loading...

Receba as principais notícias direto no celular

Mais lidas

Vídeo - É de Farmácia