IQVIA libera prévia dos resultados de setembro. Varejo farma tem piora de 2%

IQVIA mostra queda do varejo farmacêutico
Foto: iStock

A IQVIA, empresa que audita o varejo farmacêutico, divulgou a projeção dos resultados do setor no mês de setembro. Os dados foram baseados na performance nos primeiros 22 dias do mês, ou seja, não são conclusivos.

O estudo mostra três possibilidades para o fechamento de setembro: duas de queda e uma de baixo crescimento em relação ao mês de agosto. Na primeira, fica evidenciada uma diminuição de 7% no número de unidades vendidas entre os dois meses, o que totalizaria 542 mil unidades. Na segunda opção, a queda seria de 2%, o equivalente a 568 mil produtos comercializados. Por fim, na perspectiva mais positiva, o crescimento seria de 2%, ou seja, teriam sido vendidos 593 mil itens.

Análise por categorias

Em uma análise mais detalhada, pouquíssimas seriam as categorias que apresentariam crescimento. A categoria Farma, por exemplo, deve terminar o mês de setembro com uma queda de 4,7% nas vendas, com 390.868 mil unidades, e uma movimentação de R$ 7.364.882. A categoria Ético Farma caiu 3,8%, chegando a 243.031 unidades e R$ 4.928.281; enquanto a Popular Farma chegou a uma queda de 6,2%, com 147.837 itens e R$ 2.436.601 movimentados; e a de Consumo caiu 1,3%, chegando a 324.638 produtos e R$ 5.928.816.

Subcategorias

As categorias dividem-se em dois grupos: Produtos Farmacêuticos, constituído por Marca, Genérico e Referência, e Produtos de Consumo, formado por Cuidados Pessoais, MIPs, Cuidados ao Paciente e Nutrição.

Produtos Farmacêuticos

Todos os itens desse grupo devem ter terminado o mês em queda. Os de Marca, por exemplo, devem cair 5,1%, com 187.357.372 produtos vendidos e R$ 3.694.997.178 movimentados. Os Genéricos caem 4,1%, totalizando 138.283.071 itens e R$ 1.155.163.474, enquanto os de Referência caem 5% – 65.361.427 vendas e R$ 2.514.720.912.

Produtos de Consumo

Duas das quatro subcategorias podem ter tido aumento, ainda que inexpressivo: os itens de Cuidados Pessoais, com 4,8%, equivalentes a 124.577.872 itens e R$ 2.089.201.502, e Nutrição, com 1,9% – 36.242.151 produtos e R$ 495.356.861. Já os MIPs caíram 7,7%, com a venda de 116.476.490 produtos e R$ 2.394.939.555, enquanto a de Cuidados ao Paciente caiu 1,8%, com 47.341.000 produtos e R$ 949.318.509.

Veja também: Varejo cresce 1,9% em agosto, segundo ICVA

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Notícias Canal Farma

Receba notícias, conteúdos e vídeos do YouTube sobre o setor farmacêutico com nosso canal no Telegram.

Millenium distribuidora referência no mercado pharma Espírito Santo e Rio de Janeiro

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba nossa Newsletter

Para notícias e ofertas exclusivas, digite seu e-mail abaixo.

loading...

Receba as principais notícias direto no celular

Mais lidas

Vídeo - É de Farmácia