EnglishPortugueseSpanish

Conheça os dados mais recentes sobre o diabetes

Conheça os principais dados do diabetes no Brasil
Foto: shutterstock

O diabetes é uma doença causada pela insuficiência da produção ou pela má absorção de insulina, hormônio que tem como função quebrar as moléculas de glicose (açúcar) no sangue e transformá-las em energia, ajudando na manutenção das células do organismo. A doença pode causar o aumento da glicemia, gerando complicações no coração, artérias, olhos, rins e nervos.

Tipos de diabetes

Existem algumas formas da doença, como, por exemplo, a do tipo 1, que é descoberta geralmente na infância e adolescência; a do tipo 2, quando o corpo não aproveita de forma adequada a insulina produzida, encontrada em pacientes com sobrepeso, sedentarismo, triglicerídeos altos, hipertensão e hábitos alimentares ruins; a gestacional, que ocorre temporariamente durante o período da gravidez; e  até o caso de pré-diabetes, quando os níveis de glicose estão altos, mas não o suficiente para caracterizar a doença.

O que pode causar o diabetes?

Em seu site, o Ministério da Saúde explica que, além dos fatores genéticos e a falta de hábitos saudáveis, outros fatores de risco podem contribuir para o surgimento da doença. É o caso de pré-diabetes, pressão alta, colesterol alto, sobrepeso, parentes próximos com diabetes, doenças renais crônicas, síndrome de ovários policísticos, entre vários outros.

Diabetes no Brasil e no mundo

A Federação Internacional de Diabetes (IDF, na sigla em inglês) lançou, em 2017, o Atlas do Diabetes, que revelou informações importantes sobre a doença:

– Em 2017, eram 387 milhões de diabéticos no mundo e 13 milhões só no Brasil;

– O número tende a aumentar mais de 150% até 2035;

– Dos 13 milhões de diabéticos no Brasil, é provável que 1,2 milhão não tenha controle da doença, mesmo fazendo uso de medicamentos;

– Especialistas consideram que o diabetes tipo 2 será a próxima epidemia global pelo grande número de novos casos e a dificuldade de controlar a doença;

– Uma pesquisa do Ministério da Saúde indicou que, entre os anos de 2006 e 2016, foi registrado um aumento de 61,8% nos casos da doença no País. Em paralelo, o número de casos de obesidade cresceu 60%;

– O acompanhamento é feito geralmente pelo clínico geral;

– A evolução do paciente com a doença mal controlada pode levar a infarto, doença arterial periférica, retinopatia, nefropatia e assim por diante.

Em 2018, o sistema de Vigilância de Fatores de Risco (Vigitel) para doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) do Ministério da Saúde informou que houve um aumento de 7,7% de casos da doença na população brasileira. Por esse motivo, atualmente, a Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD) estima que existam de 14 a 16 milhões de pessoas com o diagnóstico.

Comportamento dos pacientes com diabetes

Segundo o estudo “Quando o diabetes toca o coração”, feito pelo EndoDebate em parceria com a Revista Saúde e o laboratório Novo Nordisk realizado em junho de 2019:

– 80% das pessoas com diabetes tipo 2 apresentam indícios de comprometimento cardiovascular;

– 52% falam de dois dos sintomas a seguir: tontura, dores no peito e nas pernas, falta de ar e palpitações;

– 64% dos diabéticos não seguem rigorosamente o tratamento e apenas 48% a consideram muito grave;

– A doença aparece atrás do câncer (92%), do acidente vascular cerebral (79%), do infarto (75%), do mal de Alzheimer (74%), da insuficiência renal (70%) e da insuficiência cardíaca (56%);

– Para 60% das pessoas com diabetes tipo 2, o médico transmitiu informações insatisfatórias ou nem mencionou as questões relacionadas ao coração na última consulta para controlar o diabetes;

– Embora 62% desses pacientes tenham sido diagnosticados há, pelo menos, cinco anos, 90% dizem ainda sentirem falta de mais informações durante o tratamento.

Veja também: CFF libera dados do rastreamento de diabetes no Brasil

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on print
Maxcenter Drogarias Max

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba nossa Newsletter

Para notícias e ofertas exclusivas, digite seu e-mail abaixo.

City Farma - Invista na abertura de um bom negócio

Receba as principais notícias no seu Whatsapp

curta nossa fanpage

Mais lidas

Vídeo - É de Farmácia

Televendas Zamboni
Fechar Menu