Anvisa terá 72 horas para autorizar importação de produtos da área de saúde

Anvisa terá 72 horas para autorizar a importação de quaisquer produtos da área de saúde que podem auxiliar no combate à Covid-19, mas algumas regras devem ser seguidas para a concessão da autorização.
Anvisa deverá autorizar importação de produtos de saúde em até 72 horas
Foto: freepik

Publicada na sexta-feira (29/05), no Diário Oficial da União, a Lei Federal nº 14.006/2020 estabelece o prazo de 72 horas para que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorize, excepcionalmente, a importação e distribuição de quaisquer materiais, medicamentos, equipamentos e insumos da área da saúde que podem auxiliar no combate à pandemia. 

Os produtos, contudo, devem ser registrados por, pelo menos, uma autoridade sanitária estrangeira e autorizados à distribuição comercial em seus países. Entre os órgãos permitidos, estão o Food and Drug Administration (FDA), European Medicines Agency (EMA), Pharmaceuticals and Medical Devices Agency (PMDA) e National Medical Products Administration (NMPA).

Os médicos que prescreverem ou ministrarem medicamentos nessas condições deverão informar aos pacientes ou aos seus representantes legais que o produto foi liberado por ter sido registrado por um órgão internacional, e que ainda não possui o registro da Anvisa.

Leia a Lei Federal nº 14.006/2020 na íntegra.

Veja também: CFF lança manual sobre segurança da água e antissepsia contra o SARS-CoV-2

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Notícias Canal Farma

Receba notícias, conteúdos e vídeos do YouTube sobre o setor farmacêutico com nosso canal no Telegram.

Millenium distribuidora referência no mercado pharma Espírito Santo e Rio de Janeiro

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba nossa Newsletter

Para notícias e ofertas exclusivas, digite seu e-mail abaixo.

loading...

Receba as principais notícias direto no celular

Mais lidas

Vídeo - É de Farmácia