Pfizer pede registro definitivo de vacina contra a Covid-19 à Anvisa

A Agência tem 60 dias para analisar o pedido.
Pfizer pede registro definitivo de vacina à Anvisa
Foto: Divulgação

A farmacêutica Pfizer enviou, na última sexta-feira (5), à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) o pedido de registro definitivo da sua vacina contra Covid-19, denominada Cominarty. Esse é o segundo pedido recebido pelo órgão, tendo sido o primeiro da vacina de Oxford, em janeiro.

Quando for aprovado e concedido pela Agência, o registro será o sinal verde para a comercialização, distribuição e utilização pela população. Ele é concedido após uma avaliação completa dos dados mais robustos dos estudos de qualidade, eficácia e segurança, assim como dos riscos e das medidas de monitoramento.

A análise do pedido foi iniciada no mesmo dia, e pode durar até 60 dias. A Anvisa informou, em seu site oficial, que não impõe barreiras ou dificuldades para o pedido de registro de vacinas, apenas estabelecendo regras a serem cumpridas com o objetivo de não causarem dano à população brasileira.

Veja também: Eficácia de Sputnik V é publicada. Anvisa dá parecer

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on print

Notícias Canal Farma

Receba notícias, conteúdos e vídeos do YouTube sobre o setor farmacêutico com nosso canal no Telegram.

Millenium distribuidora referência no mercado pharma Espírito Santo e Rio de Janeiro

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.