EnglishPortugueseSpanish

Conheça todos os tipos de impostos para farmácias

Impostos para farmácias
Foto: freepik

O controle tributário feito pelas farmácias é fundamental para que consigam sobreviver em um mercado cada vez mais competitivo, evitando pagar valores excessivos e indevidos. Para isso, é importante conhecer todos os impostos existentes e entender suas especificações.

O que são impostos?

Imposto é um tributo não vinculado, ou seja, o seu pagamento é destinado para diversas atividades do Estado, como saúde, educação, saneamento básico, entre outros.

No Brasil, existem três esferas de poderes: federal, estadual e municipal. Cada uma delas possui impostos diferentes.

Impostos federais

Os impostos federais são destinados para o Governo Federal. Entre eles, estão:

  • Imposto de Exportação – em caso de venda de medicamento para fora do país;
  • Imposto de Importação – em caso de compra de medicamento de fora do país;
  • Imposto sobre Produto Industrializado (IPI) – caso industrialize medicamentos;
  • Programa de Integração Social (PIS);
  • Contribuição para Financiamento da Seguridade Social (Cofins);
  • Contribuição Social sobre Lucro Líquido (CSLL);
  • Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ);
  • Imposto Nacional da Seguridade Social (INSS)

“A quantidade de impostos pagos é relativamente alta. Entretanto, se a farmácia está enquadrada no regime tributário Simples Nacional, todos eles são unificados em um único imposto pago por meio da guia Documento de Arrecadação Simplificado (DAS)”, explica o diretor da Avant Fiscal, Wagner Tavares.

Impostos estaduais

Os impostos estaduais são destinados ao Governo do Estado, que investe o recurso na melhoria da saúde, educação e infraestrutura. São eles: Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS) e, em caso de ter moto ou carro para a realização de entregas, Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA).

Impostos municipais

São dois os impostos municipais: Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza (ISSQN) e Imposto Territorial e Predial Urbano (IPTU).

“Conhecer os impostos e seu destino é fundamental para evitar o pagamento indevido deles. Entretanto, por se tratar de um tema complexo, contar com um bom sistema tributário pode ajudar a não pagar impostos de forma incorreta”, finaliza Tavares.

Veja também: Pagamento do ICMS desonerado no RJ: conheça as novas regras

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on print
Millenium distribuidora referência no mercado pharma Espírito Santo e Rio de Janeiro

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba nossa Newsletter

Para notícias e ofertas exclusivas, digite seu e-mail abaixo.

City Farma - Invista na abertura de um bom negócio

Receba as principais notícias pelo nosso grupo

curta nossa fanpage

Mais lidas

Vídeo - É de Farmácia

Televendas Zamboni
Fechar Menu