EnglishPortugueseSpanish

Anvisa aprova medicamento de ação prolongada para esquizofrenia

Homem sentindo fortes dores de cabeça, sintomas da esquizofrenia
Foto: freepik

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou um novo medicamento para esquizofrenia. Desenvolvido pela empresa farmacêutica Janssen, o palmitato de paliperidona trimestral é uma injeção de ação prolongada que precisa de apenas quatro doses ao ano.

O tratamento é uma evolução da paliperidona mensal injetável, que já é disponibilizada no Brasil desde 2011. Agora, as recaídas e o controle dos sintomas acontecerão em menor escala, já que após diversos estudos, ficou comprovado que mais de 90% dos pacientes que receberam o tratamento no novo esquema posológico não apresentaram recidivas no período de um ano e meio.

O médico e professor do Departamento de Psiquiatria da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais, Frederico Garcia, explica a importância desse avanço. “Um paciente com esquizofrenia toma de 3 a 6 comprimidos ao dia, totalizando até 2.880 compridos por ano. Com essa nova opção terapêutica, é preciso lembrar do medicamento somente quatro vezes nesse mesmo período”.

Leia também: Tratamento oral para câncer de mama avançado ou metastático é aprovado pela Anvisa

A Diretora Médica da Janssen Brasil, Telma Santos, avalia o comprometimento da empresa com a saúde mental. “Demonstramos os esforços da companhia em investir na expansão de opções de tratamento de necessidades não atendidas de milhares de pacientes e famílias que convivem com doenças tão potencialmente debilitantes como a esquizofrenia”.

O produto está aprovado para o tratamento em pacientes adultos que já tenham sido adequadamente tratados com a injeção mensal de palmitato de paliperidona por pelo menos quatro meses. Agora, o medicamento passará por processo de aprovação de preço na Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED).

A esquizofrenia afeta, aproximadamente, 23 milhões de pessoas em todo o mundo. É caracterizada por distorções no pensamento, percepção, emoções, linguagem e comportamento. Entre os sintomas, encontra-se alucinações e delírios.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on print
Anuncie na Revista da Farmácia

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba nossa Newsletter

Para notícias e ofertas exclusivas, digite seu e-mail abaixo.

City Farma - Invista na abertura de um bom negócio

Receba as principais notícias no seu Whatsapp

curta nossa fanpage

Mais lidas

Vídeo - É de Farmácia

Smart Consulta Consultório Farmacêutico Inteligente - Seja um franqueado
Fechar Menu