EnglishPortugueseSpanish

Comunicação assertiva: como se comunicar de forma clara

Ser um bom comunicador não significa apenas ter a habilidade da oratória. Veja essas dicas.
Comunicação assertiva
Dicas para ter assertividade na comunicação | Foto: Shutterstock

Comunicação assertiva é algo que deve fazer parte do dia a dia de qualquer profissional que almeja se destacar na carreira. Ser um bom comunicador não significa apenas ter a habilidade da oratória. A definição também não está associada a cargos e técnicas de falar em público ou ser persuasivo. O conceito de ser assertivo é aquele que expressa segurança ao agir; que se comporta de maneira firme; que demonstra decisão nas palavras.

É necessário ter assertividade na hora de expor as ideias e construir uma imagem ética, de transparência e confiança. O bom comunicador é claro e conciso, consegue se comunicar com transparência e é assertivo e eficaz em transmitir suas mensagens.

Informações dúbias, omissão e percepções inadequadas no compartilhamento das informações podem gerar desentendimentos na execução dos processos empresariais. Como consequência, o ambiente da empresa fica afetado como um todo, comprometendo a comunicação interna e com os clientes, gerando assim baixa produtividade e insatisfações pessoais e profissionais.

Leia também: O que mantém os colaboradores motivados?

Entendendo a assertividade

A assertividade é a capacidade de nos expressarmos de forma clara, direta e objetiva, utilizando uma linguagem compreensível, fazendo com que o outro entenda com exatidão aquilo que queremos dizer. Uma pessoa com essa característica é positiva, demonstra autoconfiança, sabe expor sua opinião e se posicionar. Essas virtudes cooperam para que ela se comporte com mais equilíbrio e segurança ao tomar decisões e executar suas ações, ou seja, a capacidade que ela tem se de se relacionar com os outros, conquistando credibilidade e a colaboração da equipe.

Seja na vida pessoal, seja no ambiente corporativo, é comum encontrarmos falhas de comunicação com o potencial de desencadear diversos tipos de problemas, bem como conflitos de relacionamento. E-mails escritos de forma incorreta, percepções equivocadas, padrão de comportamento reativo, falta de ética, relativismo moral, conversas e feedbacks realizados de maneira inadequada, ausência de treinamento, entre muitas outras situações são capazes de se transformar em verdadeiros obstáculos para o crescimento e desenvolvimento dos colaboradores e para o alcance dos objetivos da empresa.

Empatia facilita comunicação assertiva

A habilidade de ter empatia, entender e se colocar no lugar do outro contribui no processo de uma comunicação assertiva, pois amplia nossa percepção de compreender melhor a maneira de pensar das pessoas ao nosso redor. A empatia estimula a confiança nas relações e facilita a comunicação assertiva nas empresas. Da mesma forma, o conhecimento demonstrado nos processos de comunicação amplia a capacidade de argumentar de forma assertiva e induz à credibilidade. 

A objetividade também é fator importante nesse processo de comunicação. Não fale demais, nem de menos. Evite se alongar para não desviar o foco do tema principal. Use um vocabulário condizente com o perfil de quem está recebendo as informações, seja presencial, seja por e-mail. Uma linguagem clara e precisa desperta o interesse e mantém a atenção.

Leia também: Desafios na festão empreendedora

Firmeza na voz transmite segurança na fala

O ritmo adequado é falar calmamente e com tranquilidade, o que é fundamental para se fazer entender. A firmeza no tom de voz transmite segurança. Esse equilíbrio é fator decisivo na comunicação assertiva.

A expressão corporal é complemento essencial. Isso significa: prestar atenção aos gestos, expressões faciais, postura e olhares. Sempre mantenha a calma.

A confiança depositada em um profissional também se dá devido à disponibilidade de ajudar, inspirar e trabalhar em equipe. A comunicação assertiva oferece a possibilidade de formar equipes mais homogêneas, que cooperam uns com os outros.

Diante dessas orientações, podemos concluir que a comunicação assertiva é de fundamental importância, pois, a partir do momento em que as informações e as mensagens que se quer e que precisam ser transmitidas são passadas com transparência, objetividade, clareza, coerência e coesão, as chances de que a sua interpretação seja correta e de que um bom trabalho seja executado aumentam de forma considerável, evitando retrabalho, otimizando o tempo e alcançando os resultados esperados.

Antes de ir, assista: Como tornar sua drogaria atrativa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on print
Anuncie na Revista da Farmácia

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba nossa Newsletter

Para notícias e ofertas exclusivas, digite seu e-mail abaixo.

City Farma - Invista na abertura de um bom negócio

Receba as principais notícias no seu Whatsapp

curta nossa fanpage

Mais lidas

Vídeo - É de Farmácia

Smart Consulta Consultório Farmacêutico Inteligente - Seja um franqueado
Fechar Menu