Câmara dos Deputados analisa projeto sobre compra de vacinas por empresas

Deputados seguem analisando o projeto de lei na tarde desta quarta-feira.
Câmara dos Deputados analisa projeto de lei sobre compra de vacinas por empresas privadas
Foto: shutterstock

A Câmara dos Deputados aprovou, no início da noite de ontem (6), o regime de urgência e o texto-base do Projeto de Lei 948/21, que permite à iniciativa privada comprar vacinas contra a Covid-19 para imunização gratuita de seus colaboradores.

Na sessão de ontem, a relatora da proposta, deputada Celina Leão (PP-DF), apresentou um substitutivo prevendo que, caso as compras sejam feitas junto a laboratórios que já venderam vacinas ao Governo Federal, poderão ocorrer somente depois do cumprimento integral do contrato e da entrega dos imunizantes ao Ministério da Saúde.

As empresas que optarem por vacinar os empregados dessa forma terão que doar a mesma quantidade de vacinas compradas ao Sistema Único de Saúde (SUS). Além disso, a ordem de vacinação deve seguir os critérios de prioridade estabelecidos no Programa Nacional de Imunizações (PNI). A permissão vale também para pessoas jurídicas de direito privado sem fins lucrativos, como associações e sindicatos.

Contudo, o Plenário continuará analisando o projeto de lei na tarde desta quarta-feira, visto que ainda existem quatro destaques apresentados por partidos na tentativa de mudar o texto.

Veja também: RaiaDrogasil doa R$ 1 milhão a projeto para combate à pandemia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Notícias Canal Farma

Receba notícias, conteúdos e vídeos do YouTube sobre o setor farmacêutico com nosso canal no Telegram.

Millenium distribuidora referência no mercado pharma Espírito Santo e Rio de Janeiro

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba nossa Newsletter

Para notícias e ofertas exclusivas, digite seu e-mail abaixo.

loading...

Receba as principais notícias direto no celular

Mais lidas

Vídeo - É de Farmácia