Brasil registra poucos pedidos de patente. Conheça o top 10 do mundo

Patentes
Foto: freepik

O pedido de registro de patente é bastante comum na indústria farmacêutica. Após a descoberta de que uma substância possui eficácia comprovada contra uma doença, a companhia deve fazer a solicitação ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) para ter todos os direitos de exploração comercial e de exclusividade sobre o ativo por um tempo determinado.

De acordo com o levantamento feito pela Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa (Interfarma) realizado em 2020, o Brasil teve apenas 25 mil pedidos de registro no ano de 2018. Em contrapartida, a China, país que mais solicita pedidos de patente, ultrapassou a marca de 1,5 milhão.

Os Estados Unidos ficam em segundo lugar, com quase 600 mil pedidos, seguido de Japão, com 313.567; Coréia, com 209.992; Instituto Europeu de Patentes, com 174.397; Alemanha, com 67.898; Índia, com 50.005; Rússia, com 37.957; Canadá, com 36.161; e Austrália, com 29.957.

Juntos, os cinco primeiros países representam 83,5% do mercado mundial. Os dez países somados fizeram mais de 3,3 milhões de pedidos de registro de patente.

Veja também: Abradilan garante abastecimento de farmácias de forma ininterrupta

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Notícias Canal Farma

Receba notícias, conteúdos e vídeos do YouTube sobre o setor farmacêutico com nosso canal no Telegram.

Millenium distribuidora referência no mercado pharma Espírito Santo e Rio de Janeiro

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba nossa Newsletter

Para notícias e ofertas exclusivas, digite seu e-mail abaixo.

loading...

Receba as principais notícias direto no celular

Mais lidas

Vídeo - É de Farmácia