Varejo farmacêutico avança em vendas no mês de maio, segundo IQVIA

Vendas sobem em maio no canal farma
Foto: freepik

Como ocorre mensalmente, a IQVIA, uma das responsáveis por auditar o varejo farmacêutico no Brasil, publicou os resultados da performance de mercado do mês de maio de 2021. De acordo com o estudo, é possível perceber uma aceleração, ainda que pequena, nas vendas em relação ao mês de abril.

Dados gerais

A análise mostra que os números finais podem ter sido três: numa previsão mínima, o crescimento pode ter sido de 6%, saindo de 546 mil unidades vendidas em abril para 576 mil; na previsão média, o avanço tem chances de ter sido de 8%, totalizando 588 mil; e, previsão máxima, onde o aumento deve ter sido de 10%, o equivalente a 599 mil unidades comercializadas.

Detalhadamente, é possível entender esse aumento no número de produtos vendidos. A categoria Farma cresceu 9,5%, totalizando 417.773 vendas e R$ 7.486.844 movimentados; a Ético Farma, 8,6%, o equivalente a 252.903 produtos e R$ 4.922.062; a Popular Farma, 10,9%, com 164.807 itens e R$ 2.564.781; e a Consumo, 6,8%, com 334.798 unidades e R$ 5.949.901.

Análise por categorias

A IQVIA liberou também a performance por categorias de produtos. Os farmacêuticos dividem-se em Marca, Genérico e Referência, enquanto os de consumo são os MIPs, de Cuidados Pessoais, Cuidados ao Paciente e Nutrição.

Produtos farmacêuticos

Os medicamentos de Marca tiveram um aumento de 8,6% em relação ao mês de abril, chegando a 203.867.242 unidades comercializadas e R$ 3.761.200.830 movimentados. Já os Genéricos cresceram 10%, o que simboliza 145.765.487 itens e R$ 1.201.656.010, enquanto os de Referência venderam 12% a mais, o equivalente a 68.371.126 produtos e R$ 2.523.986.964.

Produtos de Consumo

Entre os produtos de consumo, os MIPs foram os que mais avançaram na comparação com o mês de abril: 12,5%, representados por 133.295.391 itens vendidos e R$ 2.618.202.511 movimentados. Os de Cuidados Pessoais cresceram apenas 1,2%, o equivalente a 119.813.733 produtos e R$ 1.932.845.501.

A subcategoria Cuidados ao Paciente teve um aumento de 6,9%, com 46.677.715 produtos e R$ 934.017.984. Por fim, os itens de Nutrição aumentaram as vendas em 6,5%, sendo 35.010.946, correspondentes a R$ 464.835.174.

Veja também: Pós-pandemia: tendência do varejo em áreas residenciais continuará?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Notícias Canal Farma

Receba notícias, conteúdos e vídeos do YouTube sobre o setor farmacêutico com nosso canal no Telegram.

Millenium distribuidora referência no mercado pharma Espírito Santo e Rio de Janeiro

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba nossa Newsletter

Para notícias e ofertas exclusivas, digite seu e-mail abaixo.

loading...

Receba as principais notícias direto no celular

Mais lidas

Vídeo - É de Farmácia